domingo, 2 de outubro de 2022

Cheguei da votação com o sentimento de vitória de Lula no primeiro turno e do reencontro do Brasil consigo mesmo

o

Acabei de chegar em casa, emocionado com a votação. Na hora de digitar o 13, cheguei a parar um instante e, pra não atrasar a fila, passou em timelapse na minha cabeça trechos do inferno que vivemos até aqui, especialmente Lula, preso, humilhado, punido por crimes que não cometeu.

Pessoas com quem conversei depois também se confessaram emocionadas. Foi um voto diferente de todos os outros de nossas vidas. Era como se de repente, magicamente, como nas comédias românticas, após tantas peripécias que nos afastavam, finalmente nós, brasileiros e Brasil, voltássemos a nos encontrar no voto em Lula.

Muita gente na rua e nos locais de votação. Diferentemente da última eleição presidencial, de 2018, quando o verde-amarelo predominava maciçamente aqui em Ipanema -- onde voto --, hoje eram poucos, a metade dos que se vestiam orgulhosos de vermelho, especialmente as mulheres. 

Ah, as mulheres, um show à parte. Várias delas totalmente de vermelho: vestidos ou conjuntos, da cabeça aos pés. E também adesivos.

Os bolsonaristas, arrogantes e agressivos e barulhentos em 2018, pareciam derrotados, irreconhecivelmente calados, numa área que tradicionalmente é anti-PT.

O sentimento de vitória parece se espalhar, pelas notícias que recebo, pelo Brasil e até pelo exterior, onde Lula vence em todos os países, menos Israel, que quer manter a ocupação e o massacre de palestinos com apoio brasileiro que o presidente atual lhe dá.

Esse sentimento de vitória, com os locais de votação lotados pelo país, é quase a certeza de uma vitória em primeiro turno, até por uma diferença maior, com Lula chegando a 53, 54 pontos.

Que assim seja, para que brasileiros e Brasil voltem a ser uma coisa só, após o pesadelo que ainda dura, mas que está chegando ao final, pois a maior parte do povo parece já ter despertado dele.

É assim que me sinto. E você?


O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda, se quem puder e o achar relevante apoiá-lo com uma assinatura. A partir de R$10

Assine o Blog do Mello



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.