quarta-feira, 11 de janeiro de 2023

Presença de mulher do general Villas Bôas em acampamento terrorista mostra que chegou a hora do povo brasileiro enfrentar a 'questão militar'


Vídeo divulgado no Twitter [veja abaixo] mostra a presença da mulher do general Villas Bôas, Aparecida Villas Bôas, em um dos acampamentos terroristas montados em frente a quartéis do Exército.

Villas Bôas não é um general qualquer. Ex-comandante do Exército, foi ele o responsável pela ameaça ao STF avisando que as Forças Armadas não permitiriam que Lula concorresse em 2018.

Sabemos o que aconteceu. Lula foi impedido de concorrer, Bolsonaro venceu e Villas Bôas e mais dezenas de milhares de militares conseguiram suas boquinhas no governo do criminoso terrorista e fujão.

Agora, a presença da esposa do ex-comandante num dos acampamentos escancara o envolvimento militar no golpe contra a democracia.

É ingênuo pensar que houve uma tentativa de golpe e ela foi frustrada. O golpe está acontecendo, como mostram os ataques a torres de energia, os bloqueios de estrada, as ameaças às refinarias e agora um novo levante, que aconteceria na noite de hoje e que foi interceptado pela inteligência do governo Lula.

Era evidente que toda aquela estrutura que propiciou a invasão e destruição de partes do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do STF não nasceu por combustão espontânea. Há estratégia aí e o apoio velado ou escancarado de militares ao golpe é prova de que eles estão por trás dos acontecimentos.

Prender e processar os terroristas que foram a campo e seus patrocinadores é uma primeira e necessária ação, mas enfim chegou a hora de o Brasil enfrentar a sujeira que ficou debaixo do tapete, quando se anistiou torturadores e assassinos do golpe de 1964.

Para isso, não basta vontade política do presidente Lula e seu governo, que têm respondido de forma rápida e corajosa ao golpe. O povo brasileiro precisa mostrar que não aceita tutela militar nem intromissão das Forças Armadas, que devem se fixar apenas em seus limites estabelecidos pela Constituição.

Como diria Brizola, chegou a hora do povo brasileiro dar um não rotundo à participação de militares na vida política do Brasil.

Assista ao vídeo da mulher do general apoiando os terroristas.



O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda, se quem puder e o achar relevante apoiá-lo com uma assinatura. A partir de R$10

Assine o Blog do Mello



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Recentes:


2 comentários:

  1. Waldir José Franco11.1.23

    A fala final do vídeo é Selma ou Selva?? Selma aparece nessa reportagem https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2023/01/11/mapa-online-onibus-brasilia-ato-golpista-8-janeiro-preparacao-confronto.htm

    ResponderExcluir
  2. Selva, uma saudação militar muito usada pelo criminoso fujão.

    ResponderExcluir

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.