quarta-feira, 31 de julho de 2019

Mãe implora notícias do filho desaparecido na ditadura, em carta a presidente. 40 anos depois, Bolsonaro responde com coice

Elzita Santa Cruz com foto do filho assassinado


Elzita Santa Cruz morreu aos 105 anos sem saber notícias do filho assassinado


Avó do atual presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, Elzita Santa Cruz enviou uma comovida carta ao presidente Geisel pedindo notícias do filho (pai do presidente da OAB) Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira, desaparecido pela ditadura em 1974.
"Por que, senhor presidente, se nega em um país democrata o direito de defesa, o respeito à vida de uma pessoa? Por quê?", escreve. 
Elzita também escreveu, em abril de 1974, uma carta à então primeira-dama, Lucy Geisel. No texto, ela pede, de uma mãe para outra, que Lucy lhe ajude a descobrir onde está Fernando.
"Não preciso dizer que a cada resposta negativa minhas lágrimas correm sem cessar, só conseguindo suavizar meu desespero a grande fé em Deus que tenho." [Folha]
Elzita morreu aos 105 anos no mês passado, sem resposta do presidente Geisel nem de sua mulher.

Mas a carta de dona Elzita recebeu uma resposta do atual presidente (eleito mediante fraude) Jair Bolsonaro, que ironizou o sofrimento da família e mentiu sobre o ocorrido com o filho dela.




Leia também:
Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado