terça-feira, 16 de julho de 2019

Moro radicaliza, diz que denúncias são 'campanha contra a LavaJato e a favor da corrupção', o que aumenta boato da prisão do 'fake hacker'



No início da manhã desta terça, o ministro da Justiça, em licença para cuidar de problemas pessoais, Sergio Moro, resolveu deixar um pouco a licença de lado e foi ao Twitter fazer a seguinte postagem, que está printada na imagem acima.
Sou grande defensor da liberdade de imprensa, mas essa campanha contra a LavaJato e a favor da corrupção está beirando o ridículo.Continuem, mas convém um pouco de reflexão para não se desmoralizarem. Se houver algo sério e autêntico, publiquem por gentileza.
A aposta do ministro pelo visto é naquele contingente de bolsonaristas que acreditam no pavão, no terraplanismo e que seguem o mesmo discurso de que todas as críticas à Lava Jato são feitas por quem quer proteger corruptos.

De um lado temos El País, Folha, Veja, Band, Correio Braziliense, dois procuradores que confirmam a veracidade das mensagens do Telegram, e, de outro, Moro e Dallagnol, que não confirmam nem negam, mas acusam as reportagens, que podem e ao mesmo tempo não podem ser verdade (como o gato de Schrödinger, que ao mesmo tempo está vivo e morto), de ser contra a Lava Jato e a favor da corrupção.

A aposta na radicalização soft (Se houver algo sério e autêntico, publiquem por gentileza) só aumenta o boato de que o pedido de licença do ministro foi para abrir caminho para a prisão do "fake hacker", que admitiria que as mensagens foram manipuladas - o que vai de encontro às pesquisas de toda a imprensa que teve acesso ao material, e também ao testemunho de dois procuradores em favor de sua veracidade.

No entanto, tudo é possível no país que mama na mamadeira de piroca, que tem um ministro da Economia suspeito de desvio de mais de R$ 1 bilhão, um ministro do Meio Ambiente condenado por alterar mapas de área de preservação, um presidente inepto e com sérios problemas mentais, que tem como guru um astrólogo que se diz filósofo.


Siga o Blog do Mello no Twitter: @blogdomello  No Instagram: @blogdomello


Com seu apoio o Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem popups de propaganda




Leia também:
Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado