sábado, 14 de março de 2020

Comitiva de Bolsonaro aos EUA era Bonde do Coronavírus e infectou prefeito de Miami


Irresponsabilidade de secretário contaminado espalhou coronavírus durante a visita


O secretário de Comunicação Wajngarten apresentava sinais do coronavírus quando ainda estava em Miami, mas não tomou providência e aguardou a chegada ao Brasil para fazer teste do COVID-19, que deu positivo. Ele fazia parte da comitiva de Bolsonaro, que visitou os Estados Unidos no dia 7 deste mês.

Sua irresponsabilidade, e de outros que já podiam estar infectados (muitos assintomáticos), espalhou o vírus por outras pessoas e, até o momento, quatro delas testaram positivo para o COVID-19, três brasileiros e o prefeito de Miami, Francis Suarez.


Da comitiva, estão contaminados o secretário de Comunicação do Planalto, Fabio Wajngarten, a advogada de Bolsonaro (aliás, o que ela fazia na comitiva?), Karina Kufa, o senador Nelsinho Trad, do PSD do Mato Grosso do Sul, e o diplomata indicado para ser embaixador do Brasil, Nestor Forster.

Donald Trump fez o teste, o resultado saiu agora há pouco e deu negativo. Assim, como teria dado negativo o polêmico teste de Bolsonaro. Tão polêmico que ele fará novo teste da segunda, o que não é usual.

A verdade é que os sintomas do COVID-19 costumam aparecer no quinto dia após o contágio, mas ele pode continuar assintomático mas contagiante por até 14 dias. Por isso, é aconselhável o isolamento de todos os que tiveram contacto com portador.

Nos Estados Unidos, por exemplo, todos os 21 motociclistas que atuaram como batedores da comitiva de Bolsonaro estão em quarentena.

No Brasil, o irresponsável presidente chegou a comparecer ao chiqueirinho dos repórteres e apoiadores montado em frente ao Planalto e só se recolheu no dia de hoje. Providencialmente, para não ter que comentar a morte do engenheiro político de sua candidatura, seu ex-ministro Gustavo Bebianno, que morreu oficialmente de infarto na noite passada.

Até domingo da próxima semana, o Bonde do Coronavírus de Bolsonaro pode causar novos estragos, inclusive nos presidentes daqui e dos EUA, que continuam monitorados.

Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
(Apenas Assinantes)

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado