quarta-feira, 4 de novembro de 2020

Ex-assessora confirma corrupção de Flávio Bolsonaro e envolve Jair Bolsonaro no esquema


Em depoimento ao Ministério Público do Rio, a ex-assessora de Flávio Bolsonaro Luiza Sousa confirmou o esquema de corrupção conhecido como das rachadinhas, ou do Queiroz, e acabou envolvendo o pai de Flávio, Jair Bolsonaro, no esquema, ao revelar que a filha de Queiroz, Nathália, fazia parte da organização criminosa. Só que Nathália não era funcionária de Flávio, mas do gabinete de Jair em Brasília, quando era deputado federal.
Nos detalhes do depoimento, feito em setembro e obtido pelo GLOBO, ela admitiu que nunca atuou como funcionária do filho do presidente Jair Bolsonaro e também era obrigada a devolver mais de 90% do salário. Além disso, Luiza apresentou extratos bancários para comprovar que, entre 2011 e 2017, entregou por meio de depósitos e transferências cerca de R$ 160 mil para Fabrício Queiroz, ex-chefe da segurança de Flávio e apontado como operador do esquema de desvios de salários. É a primeira vez que um ex-assessor admite o esquema ilegal no gabinete  do parlamentar.
Em depoimento, ela disse que ficava apenas com R$ 700. Além disso, também tinha como obrigação devolver valores relativos a 13º, férias, vale-alimentação e até o valor recebido pela Receita Federal como restituição do imposto de renda. O valor do vale-alimentação, cerca de R$ 80 diariamente, era depositado diretamente nas contas dos funcionários da Alerj sem registro ou desconto no contracheque.
Luiza relatou ainda que conheceu outras pessoas que viviam situação semelhante a dela: nomeadas sem trabalhar. Citou as duas filhas mais velhas de Fabrício Queiroz, Nathália e Evelyn, e Sheila Vasconcellos, amiga da família do policial. Os dados financeiros das três, obtidos na investigação, já identificavam que elas tinham devolvido para Queiroz R$ 878,4 mil. [O Globo]
A fome dos ratos era tanta que até o vale-alimentação era desviado para o esquema.
 
A casa caiu, e agora a famiglia vai ter que contar com a boa vontade do Judiciário para tentar algum estratagema para livrar o filho e talvez também o pai da cadeia.




Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Um comentário:

  1. Gostei de o seu blog. Postagens dentro do princípio da oportunidade.

    ResponderExcluir

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado