quinta-feira, 4 de março de 2021

Com saída de Trump, pandemia despenca nos EUA e Brasil de Bolsonaro agora é o número 1 no mundo em COVID


Com a saída de Donald Trump da presidência, os Estados Unidos entraram em novo patamar com relação ao tratamento da COVID-19.
 
Negacionista, crítico do uso de máscaras, de lockdown, do afastamento, e defensor de tratamentos que não funcionam, como a cloroquina, Trump deixou o país com mais de 4 mil mortes diárias.
 
Bastou ele sair e a nova orientação de Biden com respeito à doença - incentivo ao afastamento e ao uso de máscaras e, principalmente, uma intensa vacinação - para os Estados Unidos entregarem ao Brasil de Bolsonaro o cargo de número um entre os países com mais infectados e mortes diárias pela COVID-19.
 
Ontem, o Brasil já havia ultrapassado os EUA no número de mortes por milhão e de novos infectados em um dia. Hoje o Brasil foi além e bateu também o número de mortos em um dia: 1786 (Brasil), 1737 (EUA).
 
Durante muito tempo prevaleceu por aqui o ditado entreguista "O que é bom para os Estados Unidos é bom para o Brasil". Chegou, enfim, a hora de aplicá-lo.
 
Como mostrou a saída de Trump, o Brasil não vai conseguir sair da pandemia com Bolsonaro na presidência.
 
#ImpeachmentBolsonaroUrgente por qualquer um dos zilhões de motivos que ele deu e dá diariamente.




Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma colaboração pelo PIX blogdomello@gmail.com