quinta-feira, 11 de março de 2021

Em dia de recorde de mortos por COVID no Brasil, Bolsa fecha em alta e dólar tem maior queda desde janeiro



Publiquei esta chamada porque sempre me impressiona que num país onde a imensa maioria dos brasileiros tem dificuldade até para fechar as contas do mês com algum dinheiro no bolso, nossos principais veículos de comunicação sempre coloquem como parâmetros para os brasileiros o comportamento do dito Mercado expresso nas cotações da Bolsa e do dólar.
 
Acontece algum fato político, a Bolsa cai, o dólar sobe e os jornalões correm para aterrorizar as pessoas: O Mercado reagiu mal. Perigo à vista.
 
Na verdade, os jornalistas trabalham para seus patrões que, hoje em dia, são muito mais especuladores e homens do Mercado vivendo de ações do que da atividade jornalística, que serve no fundo para aterrorizar ou sinalizar positivamente sobre a atividade política para aumentar seu faturamento na Bolsa de Valores.
 
No dia em que Fachin anulou os processos e determinou a liberdade e a volta dos direitos políticos de Lula, a Bolsa caiu e o dólar subiu, o que foi vendido pela mídia comercial como um sinal de que o Mercado não aprovava a decisão.
 
No entanto, no dia seguinte, o Supremo praticamente condenou Moro e livrou mais uma vez Lula, o país bateu recorde de mortos por COVID, 2286, o presidente Lula fez um discurso histórico com críticas ao governo Bolsonaro, à mídia e ao Mercado e, contraditoriamente, a Bolsa subiu e o dólar teve sua maior queda desde janeiro.
 
O Mercado é como a definição ferina de Millor Fernandes sobre o salário mínimo: não é nada, não é nada... não é nada. Especulação para especuladores, onde a realidade é como o gol para o futebol de resultados de Parreira, um detalhe.
 
Querem prova maior do deslocamento do Mercado da realidade brasileira? Ele aprova o governo genocida de Bolsonaro, o caos na saúde e na economia, tudo feito na base do improviso, porque isso torna possível conseguir lucros bilionários de uma hora para outra. Somente na especulação ou nas compras emergenciais sem licitação.
 
É como dizem os pastores bilionários: Ô Glória!



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma colaboração pelo PIX blogdomello@gmail.com