terça-feira, 2 de março de 2021

Provável mutreta com ações da Petrobrás deu lucro para comprar 3 mansões tipo a do Flávio Bolsonaro em Brasília


Reportagem de Malu Gaspar em O Globo mostra investigação sobre operação pra lá de suspeita com ações da Petrobras no dia do pronunciamento desastrado de Bolsonaro anunciando que alguma coisa seria feita na companhia. As ações despencaram e quem deu a sorte (ou teve informação do que Bolsonaro falaria e faria) lucrou da noite pro dia R$18 milhões, quantia suficiente para comprar três mansões iguais à comprada por Flávio Bolsonaro. Parêntesis: eu não estou insinuando nada, gente maledicente...
 
Traduzindo, o que aconteceu foi o seguinte: na quinta, dia 18 de fevereiro, as ações da Petrobras estavam valendo R$29,27. Alguém apostou que venderia um número x delas na segunda, 22, a R$26,50. Ou seja, se as ações não desvalorizassem o apostador perderia dinheiro tendo que vender por R$26,50 ações que estavam valendo R$29,27.
 
O apostador (ou apostadores) investiu R$ 160 mil em 4 milhões de títulos. Por sorte ou informação privilegiada (insider trading, em mercadês), caiu até o presidente da Petrobras nesse intervalo e na segunda as ações da companhia valiam apenas R$21,77. Quem se comprometeu a vendê-las por R$26,50, comprou-as pelos R$21,77 e embolsou o resto, um lucro que pode ter chegado a R$18 milhões, segundo especialistas do mercado.
 
Sorte ou mais uma daquelas coincidências que cercam o governo e a famiglia Bolsonaro? A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) investiga o caso.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.