sexta-feira, 29 de abril de 2022

McPicanha do McDonald's e Bolsonaro, duas farsas na praça. A primeira já foi cancelada

Não é fácil vida do brasileiro, especialmente o mais desavisado. Muitos, não todos, caíram no conto do vigário do Mito Bolsonaro. Outros, na recém lançada novidade no cardápio do McDonald's, o McPicanha —segundo a rede, uma "nova experiência para o consumidor".

Nova experiência nada. A rede quis fazer o consumidor de trouxa, como Bolsonaro fez seu eleitor. E isso não tem nada de nova experiência.

O tal McPicanha não tinha um fragmento de picanha em sua composição, apenas "aroma natural de picanha". Tipo, sente o cheirinho, que, aliás, é como boa parte dos brasileiros está se alimentando —quando o fazem— atualmente: um cheirinho de frango de padaria, ou de churrasco na frente de uma churrascaria. Comida mesmo é osso. Ou nem isso.

A mutreta foi denunciado e o McDonald's emitiu nota afirmando que a partir de hoje, 29, está retirando o McPicanha do mercado.

Falta acontecer o mesmo com o Mito Bolsonaro, outra grande farsa oferecida ao brasileiro. Prometeram aos incautos que acreditaram um Mito que iria modernizar o Brasil, acabar com a corrupção, e o que se vê é exatamente o oposto:

  • A COVID gerou no Brasil 11% das mortes no mundo, embora o país tenha apenas 3% da população mundial
  • A inflação é a maior em 27 anos
  • O Brasil voltou ao mapa da fome
  • O orçamento para a habitação popular caiu 98%
  • Registro de armas de fogo cresceu 300%
  • Número de mortes violentas que vinha caindo na pandemia voltou a subir
  • Recursos destinados ao combate ao trabalho infantil tiveram redução de 95%
  • Desmatamento em terras indígenas cresceu 138%
  • Tem mais dinheiro para financiar robôs com fake news do que para a construção de creches
  • Filho do presidente, que tem salário de R$25 mil, comprou uma casa de R$6 milhões
  • O PGR engavetou 330 processos contra o Mito
  • [fonte: Maria Cristina Fernandes, Valor]

McPicanha já foi retirado do mercado. Agora é a vez da outra farsa, Bolsonaro, o Mito.

Assine o Blog do Mello



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.