terça-feira, 13 de dezembro de 2022

Gravações inéditas de Janis Joplin e Jorma Kaukonen em The Legendary Typewriter Tape, de 1964

Em 1964, Janis Joplin (com 21 anos) e Jorma Kaukonen eram amigos e faziam uns shows em casas noturnas [a imagem aí de cima é de um desses, provavelmente], antes da fama dos dois. Janis todo mundo sabe quem é (mesmo?), mas Jorma veio a ser guitarrista da grande banda Jefferson Airplaine. 

Um dia (25 de junho de 1964, dois meses após o golpe daqui) resolveram fazer uma gravação de algumas canções que apresentavam. Fizeram isso na casa de Jorma. 

O som ficou guardado desde aquela época e só agora chega ao público em todas as plataformas de streaming e também em vinil e cd, como The Legendary Typewriter Tape.

O nome é por que se ouve ao fundo o som da companheira de Jorma, Margareta, teclando em sua máquina de escrever (typewriter).

Em 2015, entrevistado sobre a gravação, Jorma contou detalhes:

Janis e eu estávamos ensaiando para uma apresentação em San Francisco, na Coffee Gallery no Grant Street.Estamos falando Beatniks aqui....a coisa Hippie não tinha acontecido ainda.

Janis estava no seu melhor. Quanto a mim, sem ser demasiado egoísta, quando ouço fitas daqueles dias, eu digo: "Eu era muito bom, para um guitarrista jovem de Washington, DC".

Sei que muita gente que me lê não sabe quem é ou foi Jorma, Jefferson Airplane, talvez até Janis e mesmo uma máquina de escrever (uma tecnologia antiga em que a gente digitava e ela imprimia automaticamente o texto...).

Se for seu caso, ouça uma das músicas e depois procure pelas outras nas plataformas de streaming.

PS: Coincidentemente (ou não), saiu agora uma preciosidade do blues, que ficou engavetada por 30 anos, "Cássia Eller e Victor Biglione in Blues". 

Mas sobre isso eu escrevo amanhã, porque hoje meu amigo Victor Biglione, o mais carioca dos argentinos, está, como nosotros, no planeta Messi, com a classificação da Argentina para a final da Copa.



O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda, se quem puder e o achar relevante apoiá-lo com uma assinatura. A partir de R$10

Assine o Blog do Mello



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.