sexta-feira, 17 de abril de 2020

Bolsonaro usa ABIN para espionar Maia, Doria e STF. É crime


Bolsonaro, foto Lula Marques

Bolsonaro afirma que há complô para derrubá-lo


Em conversa com parlamentares Bolsonaro diz que recebeu dossiê da inteligência alertando-o de que haveria um complô contra ele. Os conspiradores seriam o presidente da Câmara Rodrigo Maia, o governador de São Paulo Jorge Doria e alguns ministros do STF. [Folha]

Como sempre, não mostrou provas. Ainda mais que elas poderiam ser usadas contra ele.

Quer dizer que o presidente da República coloca agentes do estado para espionar membros dos outros dois Poderes e ainda confessa o crime? Impunemente?

Estarão telefones do presidente da Câmara, do governador de São Paulo e de ministros do Supremo grampeados a mando de Bolsonaro?

Na verdade, o que ele busca, como sempre, é mudar o foco dos problemas que cria (ontem, a demissão de Mandetta, com alta aprovação popular) e manter-se em evidência na mídia para alimentar seu rebanho eleitoral. Provoca membros dos outros Poderes para que esses busquem seu impeachment e ele se diga perseguido para poder tentar um golpe a la Jânio, com os mesmos resultados daquele ex-presidente.

Quem vai derrubar Bolsonaro é o próprio Jair Mentira, que a cada dia despenca no abismo, como na canção, "abismo que cavaste com teus pés".





Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
(Apenas Assinantes)

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado