segunda-feira, 15 de março de 2021

Dedo podre de Bolsonaro: Vacina escolhida por ele da AstraZeneca é suspensa em vários países por provocar coágulos sanguíneos


Alemanha, Itália, Espanha, França, Portugal, Dinamarca, Holanda, Irlanda, Islândia, Noruega, Bulgária, Tailândia, República Democrática do Congo estão entre os países que suspenderam o uso da vacina da AstraZeneca desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford. A preferida por Bolsonaro, em setembro do ano passado, quando o presidente chegou a zombar da vacina chinesa. Na ocasião, Bolsonaro declarou que a chance de comprar uma vacina chinesa seria zero. O Brasil teria se comprometido com 100 milhões de unidades da AstraZeneca-Oxford.

O problema que estaria causando a interrupção da vacinação com a AstraZeneca é a suspeita da formação de coágulos sanguíneos.
Mas a Organização Mundial da Saúde (OMS), a farmacêutica AstraZeneca, o governo britânico e a Universidade de Oxford afirmam que não há qualquer indicação de uma relação entre a vacina e os coágulos e que não houve um aumento de registros de coágulo sanguíneo em relação à média histórica.
A Agência Europeia de Medicamentos (EMA), que atualmente está realizando uma revisão sobre os supostos relatos de coágulos sanguíneos, afirma que os benefícios da vacina continuam a superar os riscos envolvidos com essa suspeita. [BBC]
Dos países que suspenderam a vacinação, alguns o fizeram apenas quanto a lotes restritos, enquanto outros suspenderam totalmente a aplicação, enquanto aguardam melhores estudos. 
 
É uma pena que isso esteja acontecendo, já que a AstraZeneca junto com a chinesa Coronavac são as únicas atualmente aplicadas no Brasil, que, por incompetência do governo Bolsonaro deixou o país sem as vacinas Pfizer, Sputnik V, Johnson e outras.
 
Felizmente, não há notícia de que tenha havido o problema grave de coagulação aqui no Brasil, talvez pelo pequeno número de vacinações até o momento.
 
Com a palavra a Anvisa, que aprovou o registro definitivo da AstraZeneca-Oxford no Brasil há três dias.




Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma colaboração pelo PIX blogdomello@gmail.com