segunda-feira, 8 de março de 2021

Liberdade de Lula tem que vir acompanhada da condenação de Moro


O Brasil comemora a decisão do ministro Edson Fachin que anulou no dia de hoje as duas condenações de Lula - a do tríplex e a do sítio de Atibaia. Com isso, o presidente Lula é um homem livre e com todos os seus direitos políticos restabelecidos, podendo, entre outras coisas, votar e ser votado - que é o que a maioria do nosso povo quer.
 
Mas o motivo da anulação pode esconder uma carta na manga (convém lembrar que a turma da Lava Jato cantava "Aha Uhu O Fachin é nosso!"): o não julgamento de Moro e da Lava Jato por irregularidades nos julgamentos de Lula, já que as sentenças foram anuladas.
 
Moro tem que ir a julgamento por sua parte no golpe que empurrou o país ao caos do governo do genocida Bolsonaro.
 
O julgamento de Moro tem que ser mantido pelo STF para que seja feita Justiça: Lula livre e Moro preso. 



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.